Dicas: Como se alimentar bem em uma Trekking

Alimentação é muito importante para uma trilha seja ela de fácil ou difícil acesso.
De uma forma simples vocês terão noção do que levar para uma boa alimentação
com as dicas da estudante de nutrição Taís Queiros, da UFBA.

- É interessantes que trilhas, que envolva longas caminhadas, sejam realizadas no período da manhã, de preferência bem cedo por que assim uma parte do percurso pode ser feito sem o incomodo do sol forte. Caso você não tenha o hábito de tomar café tão cedo é importante que pelo menos um alimento seja ingerido para o desjejum, como uma fruta, iogurte, suco ou vitamina. Lembre-se você passou a noite em jejum, vai precisar de energia para caminhar. Caso não tenha problemas podem ser consumidos os alimentos habituais como sucos, frutas, pães, frios , iogurtes. 
É importante levar bastante água para ser consumida ao longo do trajeto, assim como frutas tanto in natura, geralmente as regiões oferecem boas opções de frutas locais, como também frutas desidratadas (uva passa, banana passa), além de barras de cereais que são importantes fontes de carboidratos e ajudam a manter os níveis de açúcar no sangue normais evitando hipoglicemia (baixa de açúcar no sangue) que podem gerar tonturas. O ideal é que não percorram mais de três horas entre uma refeição e outra. 
As caminhadas são responsáveis por um grande gasto calórico e em geral os trilheiros deixem de realizar as refeições nos horários recomendados, devido a dificuldade de acesso a restaurantes nos locais, onde quase sempre não tem. 
Por isso saia abastecido, passar fome e sede dão coisas que acabam com o prazer da caminhada. 
Caso o almoço seja realizado antes de retomar a trilha prefira alimentos mais leves, e evite comer exageradamente, pois essa comilança associada a atividade física da trilha pode gerar indigestão e conseqüente desconforto gástrico. 
Só pra reforçar, não esqueçam de hidratar bem e aproveitem as opções locais como água de coco e caldo de cana.


Fonte: Taís Queiroz.
Estudante de Nutrição da UFBA.